O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


Chapecoense sofre a primeira derrota em casa, para o Corinthians

09/07/2016

A Chapecoense continua sem vencer o Corinthians e ainda perdeu a invencibilidade na Arena Condá neste Brasileirão, ao perder o confronto como time paulista por 2 a 0, na tarde deste sábado. Em três confrontos em casa são três derrotas.

A exemplo do jogo contra o Santos, na rodada passada, o time foi bem no primeiro tempo, mas levou gol no segundo.

Num jogo de muita marcação e poucos espaços para os times criarem, a Chapecoense começou melhor o primeiro tempo. A primeira boa chance foi num cruzamento de Silvinho, que Bruno Rangel cabeceou para fora.

Depois foi o zagueiro Willian Thiego, que na cobrança de falta cabeceou no canto mas o goleiro Cássio fez a defesa.

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro chegou a interromper o primeiro tempo para retirada de uma faixa colocada na torcida visitante, com os dizeres ¿CBF da Corrupção¿.

Com a retomada do jogo o Corinthians foi melhor no final da primeira etapa. O atacante Luciano teve três conclusões com perigo, duas que foram para fora e outra no canto, que Macelo Boeck espalmou. Gimenez também salvou um gol dentro da área.

No segundo tempo o Corinthians voltou pressionando e teve um gol anulado de Balbuena, em que a arbitragem viu impedimento.

A Chapecoense respondeu num contra-ataque de Ananias, que cruzou para Silvinho, mas o atacante errou o alvo.

No entanto o Corinthians empurrava a Chapecoense para o campo de defesa. A pressão deu resultado aos 14 minutos, quando Rodriguinho chutou sem chance para Marcelo Boeck e colocou o time paulista em vantagem.

O técnico Caio Jr ainda tentou busca o empate colocando Arthur Maia e Kempes nos lugares de Silvinho e Bruno Rangel. Depois ainda trocou Gil por Martinuccio, que não jogava desde 2014 e que a Chapecoense apostou na sua recuperação.

No entanto não foi suficiente para superar a força do atual campeão brasileiro, que perdeu vários jogadores e o técnico Tite, mas continua sendo candidato ao título.

Marcelo Boeck ainda teve que fazer mais três boas defesas para evitar o segundo gol corintiano. A última chance da Chapecoense foi cruzamento de Arthur Maia que Thiego concluiu na trave.

No final, quem marcou novamente foi o Corinthians, com Marquinhos Gabriel, já nos acréscimos. E teve tempo ainda para Willian Thiego ser expulso.

A Chapecoense permanece com 18 pontos e deve perder a 11ª posição na tabela. O próximo confronto é o clássico contra o Figueirense, no domingo, no Orlando Scarpelli.


FICHA TÉCNICA


CHAPECOENSE-0: Marcelo Boeck, Gimenez, Demerson, Willian Thiego e Dener; Sérgio Manoel, Gil (Martinuccio) e Cleber Santana; Ananias, Silvinho (Arthur Maia) e Bruno Rangel (Kempes).

Técnico: Caio Jr.


CORINTHIANS-2: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Guilherme) e Marquinhos Gabriel; Romero e Luciano (Danilo).

Técnico: Cristóvão Borges


Gols: Rodriguinho (Co), aos 14 minutos do segundo tempo e Marquinhos Gabriel (Co), aos 46.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa), auxiliado por Pablo de Almeida da Costa e Celso Luiz da Silva (trio de MG).

Cartões amarelos: Luciano (Co)

Expulsão: Willian Thiego (Ch), aos 49 do segundo tempo

Local: Arena Condá, em Chapecó.

Público: 11.615

Renda: R$ 380.345



Fonte: Diário Catarinense;
Foto: Sirli Freitas / Diário Catarinense.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações