O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


Com gol no fim, Chapecoense vence o Botafogo e respira aliviada

24/07/2016

Com um gol aos 41 minutos do segundo tempo a Chapecoense venceu o Botafogo por 2 a 1, neste domingo, na Arena Condá, e se afastou da zona de rebaixamento. O Verdão saiu vencendo o jogo com um gol de Hyoran, aos 24 do primeiro tempo, mas cedeu o empate aos 40 da segunda etapa, numa cobrança de falta de Camilo. Uma escapada de Lucas Gomes garantiu o segundo gol e os três pontos.

Surpresa na escalação de Caio Jr diante do Botafogo o meia Hyoran fez o primeiro gol aos 24 minutos do primeiro tempo. O lance lembrou o craque holandês Johan Cruyff, que inspirou seu nome. Cleber Santana roubou a bola e tocou para Hyoran, que passou pelo defensor e, quando todos imaginavam que iria chutar, deu mais um corte para o meio e só então bateu no canto do goleiro Sidão, que nem foi na bola.

Natural de Chapecó, Hyoran ainda não se firmou no time titular. Mas já havia iniciado algumas partidas com o ex-treinador da equipe, Guto Ferreira. Inclusive havia marcado um gol de falta no empate por 2 a 2 contra o Flamengo. Na conquista do campeonato Catarinense também foi importante entrando durante as partidas, como na vitória por 4 a 0 diante do Camboriú, quando marcou dois gols.

Com a chegada de Caio Jr havia perdido espaço mas, em virtude de bons treinos, foi escalado na quinta-feira passada, contra o Atlético-PR. O bom desempenho no empate sem gols lhe garantiu espaço no time titular.

Quando saiu, aos 18 minutos do segundo tempo, para a entrada de Martinuccio, foi aplaudido pela torcida.

Mas, apesar de ter um jogador com nome de craque, a Chapecoense não foi nenhum "Carrossel Verde". No primeiro tempo o Botafogo teve mais posse de bola. No entanto a zaga da Chapecoense se portou bem e conseguiu segurar as investidas do ex-jogador do Verdão, Camilo.

Outro ex-jogador do clube, Bruno Silva, também teve chance de marcar mas foi travado na hora do chute no primeiro lance e, na sobra, mandou uma bicicleta por cima da trave.

No segundo tempo o jogo teve muita transpiração e pouca inspiração. O Botafogo levou perigo em alguns chutes de Neílton.

A insistência deu resultado aos 40 minutos do segundo tempo, numa cobrança de falta de Camilo, que foi no ângulo de Marcelo Boeck.

Quando a torcida se preparava para lançar vaias ao time Lucas Gomes recebeu no ataque e tocou na saída de Sidão, garantindo a vitória.

Com o resultado a Chapecoense foi a 22 pontos e se aproxima da meta de conquistar 24 a 25 pontos no primeiro turno. Restam três jogos contra São Paulo e Altético-MG fora e São Paulo em casa.


FICHA TÉCNICA


CHAPECOENSE (2)

Marcelo Boeck, Gimenez, Willian Thiego, Filipe Machado e Dener; Josimar, Sérgio Manoel (Matheus Biteco), Cleber Santana e Hyoran; Ananias (Lucas Gomes) e Kempes

Técnico: Caio Jr


BOTAFOGO (1)

Sidão, Luís Ricardo, Emerson, Joel Carli e Diogo Barbosa; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Camilo e Fernandes (Fernandes); Salgueiro (Gervásio) e Canales (Luís Henrique)

Técnico: Ricardo Gomes


Gols: Hyoran (C), aos 24 minutos do 1º tempo. Camilo (B), aos 40, e Lucas Gomes (C), aos 41 minutos do 2º tempo

Cartões amarelos: Bruno Silva e Luís Henrique (B)

Arbitragem: Anderson Daronco, Rafael da Silva Alves, Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (trio do RS)

Local: Arena Condá, em Chapecó

Público: 7.013

Renda: R$ 82.300



Fonte: Diário Catarinense;
Foto: Sirli Freitas/Especial.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações