O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
OESTE CATARINENSE


Chapecoense vence, fica próxima de vaga na elite e complica ainda mais o Figueirense na luta contra o Z-4

06/11/2016

A Chapecoense está praticamente garantida na Série A e o Figueirense quase na B com o resultado do clássico deste domingo, onde o time de Caio Jr venceu o time de Marquinhos Santos por 1 a 0. Os dois times se enfrentaram no final de tarde de domingo, na Arena Condá, em situações distintas. Enquanto a Chapecoense entrou em campo com o objetivo de garantir a permanência na Série A o Figueirense jogava pela sobrevivência.

A expulsão de Marquinhos Pedroso no primeiro tempo foi decisivo para a derrota do Figueirense, que começou melhor a partida. Mesmo jogando fora de casa o alvinegro teve as melhores chances na primeira metade do primeiro tempo. Aos cinco minutos a Chapecoense perdeu a bola, Rafael Moura recebeu livre na direita e cruzou para área com Danilo já batido, mas Thiego salvou de cabeça. Em seguida Lins chutou para fora.

Poucos minutos depois Rafael Moura recebeu na esquerda, cruzou e Ferrugem chutou de primeira, mas a bola foi para fora.

A Chapecoense chegava com pouco perigo.

Até que aos 25 minutos Marquinhos Pedroso fez falta dura em Ananias e, como já tinha cartão amarelo, foi expulso. Mesmo com a expulsão o Figueirense continuou melhor e Rafael Moura teve a chance de abrir o placar de cabeça, mas Danilo fez boa defesa.

Com a vantagem e um homem a mais o técnico Caio Jr colocou o meia Hyoran no lugar do volante Gil.

Mas o Figueirense novamente teve uma chance de gol. Ferrugem recebeu na direita e Danilo saiu do gol e fez a defesa. A Chapecoense respondeu Com Hyoran. E nos minutos finais do primeiro tempo pressionou em busca do gol.

O segundo tempo começou com Rafael Moura perdendo mais um gol.

Hyoran respondeu para o time da casa. Primeiro com um chute no travessão. Em seguida perdeu um gol de cabeça. Depois chutou no canto para boa defesa de Gatito.

O goleiro do Figueirense também espalmou o chute de Lucas Gomes. E viu o atacante da Chapecoense concluir outro chute para fora. A pressão da Chapecoense no segundo tempo era grande, mas o gol não saía.

Foi então que aos 27 minutos o técnico Caio Jr chamou Kempes para entrar no lugar de Tiaguinho. E o artilheiro precisou apenas de três minutos para fazer o gol, num lance chorado.

A torcida da Chapecoense comemorou muito. E aproveitou para alfinetar o rival gritando: ¿segunda divisão¿. A missão do alvinegro realmente é difícil. Com 33 pontos precisa vencer os quatro últimos jogos para tentar escapar. Já a Chapecoense, com 46, pode focar agora no segundo jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, contra o San Lorenzo, no dia 23.


FICHA TÉCNICA


CHAPECOENSE (1)

Danilo, Caramelo, Willian Thiego, Neto e Dener; Josimar, Gil (Hyoran) e Cleber Santana; Tiaguinho (Kempes), Ananias (Lucas Gomes) e Bruno Rangel

Técnico: Caio Jr


FIGUEIRENSE (0)

Gatito Fernandez, Ayrton, Marquinhos, Werley e Marquinhos Pedroso; Jackson Caucaia, Joseilson e Ferrugem (Renato); Bady (Rafael Silva), Lins (Everton Santos) e Rafael Moura

Técnico: Marquinhos Santos


Gols: Kempes (C), aos 30 minutos do 2º tempo.

Arbitragem: Wagner do (F) Nascimento Magalhães, auxiliado por Rodrigo F. Henrique Correa Luiz Cláudio Regazone (trio do RJ).

Cartões amarelos: Josimar (C); Bady e Rafael Santos (F)

Vermelho: Marquinhos Pedroso (F), aos 25 minutos do primeiro tempo.

Público: 9.075

Renda: R$ 101.120



Fonte: Darci Debona/Diário Catarinense;
Foto: Sirli Freitas/Especial.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações