O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


Chapecoense perde para o Palmeiras, que conquista o título de campeão brasileiro 2016

27/11/2016

Time sensação da Série A do Campeonato Brasileiro e representante do Brasil na final da Copa Sul-Americana, a Chapecoense teve papel de destaque no jogo deste domingo, em São Paulo. Apesar da derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, o Verdão catarinense foi o adversário que estava em campo no dia em que o Verdão paulista conquistou o título do torneio nacional. Os quase 41 mil torcedores presentes no Allianz Parque soltaram o grito de campeão brasileiro após 22 anos, já que a última conquista do Palmeiras havia sido em 1994.

Agora, o time do Oeste catarinense volta a concentrar suas forças para o primeiro jogo da final da Sul-Americana. A Chape encara o Atlético Nacional, em Medellín, na Colômbia, a partir das 21h45min desta quarta-feira. O duelo de volta será no dia 7 de dezembro, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, já que Arena Condá não pode receber a partida porque o regulamento da competição internacional pede estádio com capacidade superior a 40 mil torcedores.

Que as boas energias do título do Verdão paulista acompanhem o Verdão catarinense na Colômbia e em Curitiba.


O jogo


A partida em São Paulo começou equilibrada, com a Chape com mais posse de bola do que o time da casa. De igual para igual, as duas equipes buscavam o jogo, vez ou outra de forma brusca. O primeiro lance de perigo da Chapecoense surgiu num cabeceio de Sergio Manoel, após cruzamento de Alan Ruschel, mas a bola foi para fora.

O Verdão catarinense conseguiu segurar a igualdade até o gol do Palmeiras. Aos 24 minutos, Filipa Machado fez falta em Gabriel Jesus. Na cobrança, em jogada ensaiada, Zé Roberto tocou e, após bate e rebate na área da Chape, Fabiano aproveitou a sobra para balançar as redes. O Palmeiras nem precisava do gol para ser campeão, já que o Flamengo vencia o Santos e o empate já assegurava o título ao time paulista.

Mas, o Porco queria mais. O time de Cuca cresceu após o gol, pressionou e, a partir daí, a Chape deu pouco trabalho ao goleiro do time paulista. Cleber Santana, já nos acréscimos sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou, mas desperdiçou a chance de igualar o placar e mandou para fora.

O segundo tempo seguiu na batida do primeiro, com o Palmeiras buscando mais o gol e criando as melhores oportunidades. O técnico Caio Júnior fez alterações já pensando no compromisso da Sul-Americana, sacando Cleber Santana, Tiaguinho e Bruno Rangel, e colocando Gil, Aílton Canela e Kempes.

Depois da primeira partida da final contra o Atlético Nacional, a Chapecoense se despede do Brasileirão, diante da torcida. No domingo, 4 de dezembro, o Verdão recebe o Atlético-MG, às 17h.


FICHA TÉCNICA


PALMEIRAS (1)

Jailson (Fernando Prass); Fabiano (Gabriel), Edu Dracena, Vitor Hugo, Zé Roberto, Tchê Tchê (Thiago Santos), Moisés, Jean, Dudu, Gabriel Jesus e Róger Guedes

Técnico: Cuca


CHAPECOENSE (0)

Danilo; Gimenez, Marcelo, Filipe Machado, Alan Ruschel, Matheus Biteco, Sergio Manoel, Cleber Santana (Gil), Tiaguinho (Aílton Canela), Bruno Rangel (Kempes) e Lucas Gomes

Técnico: Caio Júnior


Gol: Fabiano, aos 25 minutos do 1º tempo (P);

Cartões amarelos: Bruno Rangel, Marcelo (C);

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Rafael Alves e Alexandre Kleiniche (trio do RS)


Local: Allianz Parque, em São Paulo

Público: 40.986

Renda: R$ 4.171.317,26



Fonte: Bruna Fernandes/Diário Catarinense;
Foto: Pedro Martins/Mowa Press.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações