O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


Prefeito de Chapecó discute no Centro Empresarial legislação federal que trata sobre acessibilidade

03/07/2018
Novo decreto reafirma definições da legislação do município

A assinatura do decreto 9.405, de 11 de junho passado, pelo presidente Michel Temer, foi assunto que levou o prefeito Luciano Buligon a participar de reunião do Centro Empresarial de Chapecó (CEC) nesta segunda-feira, 2 de julho. Essa nova legislação, prevista na lei 13.146/2015, ou Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, institui tratamento diferenciado e simplificado às microempresas e empresas de pequeno porte e vigora desde 22 de junho.

Pela nova lei sobre acessibilidade, as empresas que ainda não regularizaram pendências quanto ao acesso, passeio público e banheiros poderão fazê-lo, explicou o prefeito, agora com base em decreto federal. Já o presidente do CEC, Neloir Antônio Tozzo, lembrou das discussões ocorridas desde o ano passado para flexibilizar exigências e permitir a abertura de empresas, especialmente as micro e pequenas. Mesmo ainda como excesso regulatório à norma, entende o CEC que a flexibilização trazida pelo decreto 9.405 possibilita que as MPE's avancem na burocracia e consigam empreender.

No ano passado, o Poder Executivo de Chapecó emitiu o decreto municipal 33.654/17. Seu objetivo foi de possibilitar a concessão de alvará para a abertura de empresas ao suspender a exigência do Registro Integrado Mercantil (Regin), cadastro de informações da Junta Comercial, Secretaria da Fazenda, Receita Federal, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e prefeitura.


Possibilidade de regularização


Segundo o prefeito Luciano Buligon, 722 alvarás foram liberados, houve 32 regularizações e 657 estabelecimentos permanecem irregulares, sendo necessário que busquem o tratamento diferenciado caso se enquadrem nos critérios contemplados pelo decreto publicado pelo governo federal. Já o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Valmor Júnior Scolari, alertou que o novo decreto da Presidência da República trata somente de questões relativas à acessibilidade às instalações das empresas e não envolve a concessão do documento "Habite-se". Especificou que as empresas interessadas, ou com pendências, devem formalizar o pedido de regularização, mediante protocolo na Secretaria de Desenvolvimento Urbano.



Fonte e foto: Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira/Extra Comunica.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

André & Cristiano e Projeto Funkaholic
Letícia Galeano e Marcos & Luciano
Local: Cher

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações