O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


FAESC e Polícia Militar Ambiental se unem em favor da segurança no campo

22/08/2018

Com o objetivo de estreitar o relacionamento a fim de contribuir com a segurança no campo em Santa Catarina, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) José Zeferino Pedrozo e o vice-presidente de finanças Antônio Marcos Pagani de Souza reuniram-se, nesta terça-feira (21), com representantes da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina (PMA/SC), na sede da Federação, em Florianópolis.

Participaram do encontro o tenente e Chefe de Estado Maior da Polícia Militar Ambiental tenente coronel Fábio Henrique Machado, o major e Comandante da 1ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental Adair Alexandre Pimentel e o tenente e Subcomandante da 1ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental Marco Antônio Marafon Júnior.

As ações em favor da segurança no meio rural são pautas de constantes reivindicações da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) junto ao Ministério Extraordinário Da Segurança Pública e disseminadas nos Estados brasileiros por meio das Federações em parceria com a Polícia Militar Ambiental.

Pedrozo salienta que o foco é garantir segurança e tranquilidade às famílias rurais através de iniciativas desenvolvidas de forma conjunta na prevenção e combate à criminalidade no campo. Segundo o presidente, estão sendo implantadas políticas de segurança pública nacional, estaduais e municipais.

"A Faesc vem discutindo esse tema com o Governo do Estado nos últimos anos a quem pediu a criação de um programa emergencial de segurança nas áreas rurais. Uma das propostas é dar à Polícia Ambiental a missão adicional de reprimir a criminalidade e investigar bandidos e organizações criminosas que agem nas áreas rurais. Por isso, é importante que estejamos alinhados para que, juntos, possamos contribuir com a segurança nas propriedades rurais", reforça.

Está em elaboração uma cartilha destinada a orientar a população rural com relação ao comportamento preventivo e aos cuidados que devem ser tomados com os animais e equipamento.

O presidente destaca, ainda, que a CNA criou por meio do Instituto CNA, em 2017, o Observatório da Criminalidade no Campo, para oferecer aos produtores e trabalhadores rurais um espaço para relatos sobre a ocorrência de algum crime ou ato criminoso em suas propriedades, informando ao Sistema CNA os principais dados. 



Fonte e foto: MB Comunicação.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações