O PORTAL DE NOTÍCIAS DO
GRUPO SUL BRASIL DE COMUNICAÇÃO


Audiências de mediação em universidades de Chapecó atingem 40% de resolutividade

06/02/2020

"Com uma boa conversa, tudo se resolve! ". Esta frase é muito utilizada em momentos de conflito e, quando aplicada, pode resultar na solução do problema. O Poder Judiciário também faz uso desta premissa por meio das audiências de mediação. Na comarca de Chapecó, a 2ª Vara da Família, Idoso, Órfãos e Sucessões tem a colaboração dos acadêmicos dos cursos de Direito da Unochapecó e da Unoesc. A parceria, de longa data, auxilia na formação de novos profissionais e agiliza o andamento dos processos.

Em 2019, foram agendadas 426 audiências para serem mediadas por futuros advogados. As salas, preparadas pelas universidades, deixam o momento menos tenso. A mesa redonda facilita a troca entre as partes. E a conversa, que antes parecia impossível, acontece quase naturalmente. Os acadêmicos acompanham e interferem se necessário. Ao final, tudo é registrado em um documento com validade legal, assinado por ambas as partes e depois homologado pelo juiz. Além de conseguir um acordo, a mediação atinge o objetivo principal: a solução do conflito e o retorno da paz para aquela relação.

As audiências contam com a presença de professoras dos cursos de Direito, Psicologia e Serviço Social. O juiz André Milani, responsável pela Vara e pelo envio de processos às universidades, ressalta a importância da atuação integrada das três áreas profissionais. "A mediação feita pelos acadêmicos é essencial! Dessa forma, conseguimos quebrar paradigmas em relação à resolução de problemas pelos próprios envolvidos. Além disso, a Justiça é beneficiada com a agilidade imprimida aos processos", avalia Milani.

No ano passado, em 40% das audiências realizadas foi possível formalizar acordos e evitar assim que os casos se transformassem em ação judicial. No entanto, é importante evidenciar que a mediação só é possível quando as duas partes comparecem à audiência.

A professora do curso de Direito Cláudia Locateli acredita que a mediação familiar qualifica a formação acadêmica, ao proporcionar a chance de conhecer e aplicar técnicas que valorizam a autocomposição, com humanidade e responsabilidade. Já para Adriana De Toni, professora do curso de Serviço Social da Unochapecó, os estudantes desenvolvem habilidades a partir da percepção de que o diálogo é a forma mais eficaz de resolver conflitos familiares que envolvem disputas como guarda, alimentos, visitas aos filhos, divórcio e partilha de bens.



Fonte e foto: Elizandra Gomes/NCI/Comarca de Chapecó.






Anuncie aqui

(49) 99955-3619
Saiba mais

Ciclone Bicicletas

(49) 3322-3366
Saiba mais

HORÁRIOS DE VOOS

Confira os horários de voos do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Confira a programação de cinema do Shopping Pátio Chapecó.

(49) 99955-3619
contato@portaloestenews.com.br

Newsletter

cadastre-se e receba nossas atualizações